The Purge: Election Year


Hoje tem resenha do novo filme da franquia The Purge, ou Uma Noite de Crime, o terceiro filme, cujo tema é o ano de eleição. É um filme pesado, assim como os demais da franquia, então minha dica inicial é só assistir se gostar de filmes de suspense e se cenas violentas não te afetarem.

Sinopse

Após a conclusão de Uma Noite de Crime 2, o policial Barnes (Frank Grillo) se tornou o principal responsável pela segurança da senadora Charlene Roan (Elizabeth Mitchell). Em plena época de eleições, ela é uma das melhores posicionadas nas pesquisas, porque deseja eliminar de uma vez por todas a noite de crime. Mas seus planos não saem como esperado.

Segundo alguns sites, por causa da fraca bilheteria dos anteriores, o filme chegou por aqui com outro nome: 12 Horas Para Sobreviver – Ano de Eleição, mas como fã dos outros filmes, eu continuo chamando de Uma Noite de Crime sim, kkk inclusive, como visto na sinopse, por ele ter uma conexão maior com o segundo filme do que os dois primeiros tiveram entre si. Se você não assistiu nenhum dos outros e caiu direto nesse, pode assistir sem medo de ficar perdido, pois apesar dessa conexão, as histórias são independentes.

Além de rever Leo Barnes (Frank Grillo) que agora faz parte da segurança da senadora e candidata a presidente dos Estados Unidos Charlene Roan (Elizabeth Mitchell), que a sinopse cita, também temos outros personagens, como Joe Dixon (Mykelti Williamson) dono de um comércio, daqueles típicos americanos, e Marcos (Joseph Julian Soria) um imigrante latino que além de trabalhar para Joe é um grande amigo, e ainda nesse núcleo Laney Rucker (Betty Gabriel), que é responsável por uma das minhas cenas favoritas do filme.

Uma das coisas mais legais pra mim nos outros filmes é mostrar como cada grupo de pessoas lida com o Expurgo, se você nunca viu nenhum dos filmes, eu explico, o Expurgo é um único dia do ano onde das 19 horas até às 7 horas da manhã seguinte, ou seja, durante 12 horas, todo e qualquer crime é permitido, inclusive assassinatos. Essa foi a forma que um grupo político denominado Os Novos Fundadores, encontrou, segundo eles para reduzir a criminalidade nos demais dias do ano. Porém é um ideia controversa, já que os únicos que estão realmente a salvo são os ricos que tem como se proteger e se defender, e essa contradição é exatamente o ponto de discussão desse Ano de Eleições.

Purge: Assassins

A senadora Roan está indo bem nas pesquisas para presidência, e uma de suas prioridades é acabar com o expurgo, já que anos atrás sua família foi brutalmente assassinada, e isso assusta os Novos Fundadores, já que pela primeira vez em muitos anos eles podem perder o poder, então, pela primeira vez, eles mudam as leis acabando com a proteção dos políticos e assim, toda e qualquer pessoa pode sofrer com o expurgo e ser assassinada. E é aí que a senadora entra em perigo e a história vai se desenvolvendo durante as 12 horas de massacre.

Joe e Marcos estavam juntos para tentar defender a loja de possíveis ataques, já que no dia anterior ao expurgo, o dono acabou perdendo o seguro. E a Laney faz quase um trabalho voluntário pelas ruas tentando ajudar os necessitados. Esses personagens, entram no caminho da senadora meio que por acaso, e a partir daí todos tentam sobreviver juntos e mantê-la a salvo.

O filme é eletrizante e consegue realmente expor um pensamento que eu já trazia desde o primeiro sobre as desigualdades sociais, um mundo ainda mais injusto e violento. Ele joga isso no nosso colo, assim como os demais, porém de uma forma explícita e com todas as artimanhas políticas. Eu acho que é o meu filme favorito dentre os três. Logicamente houveram cenas manjadas e clichês, assim como todo filme de ação, mas isso não é o principal aqui.

Nota: 8,5/10

Você já assistiu algum dos filmes da franquia? Gosta de filmes de ação ou terror? Conta aqui nos comentários, e novamente, se você se sente mal com filmes violentos, esse não é um filme que eu recomendaria, mas se você gosta vale sim muito a pena assisti-lo!

bjs

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s